Dia das Mulheres: brasileiras empreendedoras em Madrid

Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

Post por Manaira Araújo, autora do blog Manaira Araújo e  Camila Levy, autora do blog Consulado de Ca

Existem muitas brasileiras em Madrid. Cada uma com sua história, suas lutas e suas vitórias. É difícil encontrar uma brasileira que mora em Madrid e que não tenha passado por dificuldades (saudades, burocracia, familiares, financeiras, adaptação… e por aí vai). Mas, no nosso dia a dia, acabamos conhecendo mulheres incríveis e determinadas, que superaram todos os obstáculos e foram além. Em homenagem ao nosso dia, selecionamos algumas amigas, mulheres brasileiras empreendedoras em Madrid, que são grandes exemplos  de vida e que também servem de fonte de inspiração para todas nós.

Andrea Lima  (Minas Gerais) –  Concierge em Descubra Madrid

Qual a receita do sucesso? A minha resposta é simples, sonhe, planeje e execute, estes são os 3 principais verbos do empreendedorismo.

Minha história é uma como tantas outras, mas com um final um pouco diferente. Tinha um sonho, conhecer o mundo, e fui atrás. Após terminar minha graduação em Relacões Internacionais (2006), viajei por alguns países da América do Sul, até que apareceu a oportunidade de vir para a Espanha. Minha primeira atividade profissional em Madrid foi dar aulas de português para espanhóis que buscavam oportunidades de trabalho no Brasil (2008). Até que um dia um amigo brasileiro me disse a palavra mágica: “Andrea, você já ouviu falar em concierge?” Foi quando comecei a prestar atenção no gigantesco mercado de receptivo e concierge para turistas. A situação naquela época (2011) era altamente favorável, a relação real x euro fazia brotar brasileiro em todos os lugares. Depois de me aprofundar na cultura e história espanhola, fiz cursos de capacitação e abri minha empresa, a Descubra Madrid. De início, como todo negócio, foi muito difícil. O caminho existia, bastava trabalhar e muito! O tempo passou, tornei minha empresa conhecida, principalmente com os parceiros daqui (os melhores hotéis, restaurantes, transfers, etc).  E o mundo online é incrível. A cada dia a empresa torna-se mais conhecida e reconhecida (tripadvisor 2016). 

Andréa Machado (Rio Grande do Sul) – Consultora de Imagem e Estilo e parceira do Fémina

Para ser feliz no que fazemos, temos de sair da zona de conforto e abraçar as oportunidades. A vida é feita de sinais e temos de estar muito atentos a eles.

Sou uma brasileira apaixonada pela comunicação verbal e não verbal, os estilos, a aparência, a estética da roupa e, consequentemente, em melhorar a auto-estima das pessoas. Sempre ajudei amigas e familiares a se vestir para ocasiões especiais de acordo com seus gostos e personalidade, sempre orientando sobre combinações de roupas, acessórios e sapatos. Aos 24 anos abri uma boutique de roupas femininas, mas não deu certo. Trabalhei em 2 multinacionais espanholas, onde conheci o meu marido (espanhol), que até então era “o chefe”… Nos casamos, eu saí do meu emprego e  nunca mais quis voltar a trabalhar em escritórios. Comecei a ministrar cursos no Brasil e na Espanha com a consultoria de imagem, mas gostei principalmente de ser dona da minha própria agenda. Além de ajudar as mulheres a transformar-se no seu melhor e, consequentemente, na sua melhor aparência. Tenho cursos de formação em Consultoria de Imagem e Estilo, Combinações de Sucesso, Personal Shopper, Análise de cores, dou workshops personalizados e palestras para mulheres. Dentre os meus clientes estão consultores para campanhas presidenciais, artistas, escritores, modelos, executivos e muitas mulheres dispostas a sair da sua zona de conforto. Para mim, a consultoria de imagem é definida da seguinte forma: Como veem você é como lhe tratam, porém, como você se vê é como você se sente. Estou na Espanha para uma melhor qualidade de vida para a minha família e, especialmente, pelo direito de ir e vir sem ter que estar ciente dos espelhos retrovisores o tempo todo. Tenho muitos projetos que estão saindo da gaveta devagar e sempre relacionado com o que eu gosto: potencializar a imagem de pessoas.

Cleide Nunes de Almeida (Goiás)  – Empresária, esteticista e dona da Coketa

A Fé em Deus é o segredo do êxito e do crescimento! Não tenha medo de lutar – seja valente, seja guerreira e seja ousada. Assim conseguimos realizar todos os nossos sonhos.

Sou natural do Goiás, mas já estou em Madrid há 10 anos. Vim, como muita gente, em busca de um sonho, em busca de viver melhor. Eu não tinha uma vida ruim no Brasil, longe disso, porém estava recém-divorciada e decidi dar um tempo em Madrid. Acabei me apaixonando pela cidade e decidi tentar ficar. Aqui eu encontrei formas de trabalhar com o que eu gosto – com a estética. Fiz vários cursos e fui me aperfeiçoando, principalmente com a podologia e tratamentos para a pele. Fui conquistando meu espaço e minhas clientes. Comecei atendendo na casa das pessoas, até chegar a ter meu próprio centro de estética – a Coketa. Amo cuidar das minhas clientes e amo as pessoas que cruzam o meu caminho – sou uma pessoa de muita fé! Sigo trabalhando para manter meu espaço bem aconchegante para todos que chegam até mim!

Fabiana Souza (São Paulo/Bahia) – Confeiteira em Tapioca Chill & Cocina

Frase para quem tem sonhos: tente ser a melhor no que você faz.

Nasci em São Paulo, mas minha família emigrou à Bahia quando eu era pequena. Sempre gostei de mudanças e daí surgiu a minha vinda a Madrid. Cheguei no final de 2005 e nunca imaginei que passaria  tanto tempo aqui. O Brasil é incrível – nossa cultura, nosso clima, comida e etc -, não tem igual. Mas também tem muitos problemas sociais que pesam muito, principalmente depois de ser mãe. A ideia de Tapioca Chill & Cocina surgiu com meu marido, queríamos montar algo nosso e de cozinha internacional, já que a gastronomia brasileira tem bastante influência de outros países. Adoro confeitaria e no meu restaurante posso fazer minhas criações (tortas). Hoje posso afirmar que Tapioca veio para ficar, é um sonho transformado em realidade, construído com muito trabalho, muita dedicação e muito carinho.

Ligia Maria Betti  (São Paulo) –  Dulce Madrid

Ainda há muito a fazer para o meu negócio, mas sempre vale a pena tentar um novo caminho e se reinventar a cada dia.

Quando me pedem para falar de mim, sempre começo dizendo que nasci cozinheira. As melhores histórias da minha infância foram na cozinha, entre tachos e panelas aprendendo com minhas avós. Mas a minha dedicação profissional para a cozinha não foi imediata, demorou alguns anos em ser concretizada. Eu sou tradutora e intérprete por formação e os idiomas foram uma parte importante nas minhas experiências internacionais, na América do Norte e países da América do Sul. Na minha volta ao Brasil, depois de alguns anos fora, eu passei a me dedicar totalmente à gastronomia. A Espanha entrou na minha vida de repente e de forma arrebatadora e definitiva. Estou em Madrid há quatro anos, onde trabalhei em alguns restaurantes como cozinheira e confeiteira. Retomei meus estudos em confeitaria e no final descobri uma grande vocação. Eu vejo que ter vivido em muitos países me permitiu criar um estilo próprio de fazer tortas e doces. Assim, há 6 meses e aos meus 60 anos, acreditei na minha capacidade e decidi empreeder por conta própria com uma pequena confeitaria artesanal que leva o nome de Dulce Madrid.

Nathy Faria (Minas Gerais) – Cantora e produtora Cultural – La Otra

Acredito que emprender é uma aventura na qual você faz as malas e se prepara ao máximo, mas ao longo da viagem vai se deparando com muitas surpresas. Precisamos ser valentes para defender aquilo que acreditamos e matar muitos leões nessa jornada!

Fazia dois anos que eu tinha uma produtora em BH, trabalhava 16 horas por dia e o que ganhava não dava pra pagar o aluguel. Senti que algo estava errado no meu modelo de negócio e que eu precisava buscar respostas, aprender. Procurando mestrados fora achei o de Economia Criativa que era a minha cara e tentei uma bolsa. Consegui! Em seis meses, eu e meu marido demos uma virada na vida, nos organizamos, vendemos tudo o que tínhamos para vender e partimos para a aventura na Espanha. Ele aproveitou para aprofundar seus estudos em Engenharia de Áudio e viemos os dois como estudantes. Foi um ano de muito estudo, muita leitura e pesquisa até eu reformular toda a ideia da minha empresa. Criei uma metodologia de coaching de planejamento estratégico para artistas e comecei a trabalhar numa plataforma de autogestão para músicos. O projeto deu super certo, as pessoas compraram a ideia e no final do ano me inscrevi para um plano de inovação para Startups da Factoría Cultural, em Madrid, e nós ganhamos a bolsa! Então, neste momento estamos numa incubadora para adaptar toda a estrutura e lançar a empresa na Espanha. É mais do que um desafio, também é um sonho!

Tiene Lewis (Rio Grande do Sul) – Mama Campo

O emprendedorismo é uma mudança de vida, é arriscado, mas tudo que se faz com amor e acreditando que vai dar certo sempre funciona.

Tudo começou em 2009, quando eu fiquei grávida. Já tinha 5 anos que eu morava na Espanha e trabalhava numa empresa financeira, como secretária executiva. Eu saia da casa às 8hs e voltava às 20hs.  Devido a algumas complicações, acabei tendo que deixar o trabalho para cuidar do meu filho. Depois de 2 anos cuidando dele, senti uma necessidade incrível de fazer alguma coisa para mim.  Como sempre gostei de cozinhar e de me alimentar bem, abri um pequeno catering para particulares e empresas. Com o tempo, surgiu a oportunidade de ser sócia em um minisupermercado de produtos ecológicos, a Mama Campo. Isso me dá a oportunidade de fazer os meus horários e correr atrás do que é meu, sempre com muito amor e carinho, diferente do que se eu fosse empregada de alguém. Hoje eu posso levar e buscar meu filho no colégio e dar atenção que ele precisa. Quando ele dorme, continuo trabalhando desde casa. Ser empreendedora requer um esforço de 24 horas, mas ao mesmo tempo você pode compaginar com a vida familiar e isso na Espanha é praticamente impossível se você não é funcionário público.

Manaira Araújo é uma jornalista apaixonada por marketing e turismo. No seu blog compartilha suas experiências pessoais e profissionais em Madrid e no Brasil.
Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

Um comentário sobre “Dia das Mulheres: brasileiras empreendedoras em Madrid

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *