El Caldero: Aromas e sabores da gastromonia de Múrcia em Madrid

A gastronomia espanhola é muito diversificada. Cada região tem seus pratos e vinhos típicos. O bom de visitar ou morar em Madrid é que aqui você consegue provar toda essa variedade culinária. Recentemente participei de uma hamonização de vinhos e pratos da gastronomia de Múrcia – “Aromas y Sabores del Mediterráneo” – na Taberna Murciana/ Restaurante El Caldero e gostaria de compartilhar esta experiência sensorial com você.

gastronomia de Múrcia - restaurante el caldero - aromas y sabores del mediterraneo

O evento contou com um menu especial de pratos murcianos tradicionais e adaptados especialmente preparados pela equipe do El Caldero para acompanhar 7 vinhos das bodegas Señorío de Barahonda (D.O. Yecla), Casa Castillo (D.O. Jumilla), Parés Baltá (D.O. Penedés) e Gratavinum (D.O. Priorat), quase todos monastrel, um tipo de uva da região de Múrcia. Participaram do jantar jornalistas, blogueiros, enólogos e amigos do restaurante.

Entradas com pratos típicos da gastronomia de Múrcia:

Atún rojo en tartar al lemontaza” com o espumante Blanca Cusine da bodega Parés Baltá: Mesmo que o tartar seja um tipo de prato encontrado em diversas maneiras, o bonito marinado com o toque murciano combinou muito com este delicioso espumante orgânico com toques de frutos secos.

gastronomia de Múrcia - Atún rojo en tartar al lemontaza con el cava Blanca Cuisine de Parés Baltá

Zarangollo con gamba roja” com o vinho  Sara Valero da Barahonda: Eu não conhecia o zarangollo, um prato típico de Múrcia, feito com ovo mexido, abobrinha e cebola. A ideia de acrescentar camarões realmente fez diferença, dando um sabor de mar ao zaragollo tradicional. O vinho branco Sara Valero tem toques cítricos e leva o nome da filha de Sergio, um dos proprietários do El Caldero. Excelente combinação.

gastronomia de Múrcia - Zaragollo con gamba y el vino Sara Valero de Barahonda

Croquetas de pulpo” com o vinho Antonio Valero da bodega Casa Castillo: Acredito que todo bar e restaurante espanhol sirva croquetas, mas essa foi a primeira que que provei uma de polvo. Adorei! O vinho tinto Antonio Valero fez uma harmonização perfeita com a croqueta. O nome do vinho é uma homenagem ao fundador da taberna El Caldero.

gastronomia de Múrcia - Croquetas de Pulpo con vino Antonio Valero de La bodega Casa Castilla

Berenjenas fritas con salmorejo” com vinho Heredad Candela da bodega Barahonda: Apesar de o Salmorejo ser típico da Andaluzia, também é muito comum em Múrcia. Essa sopa fria a base de tomate e pão ralado com beringela frita virou um delicioso prato só de vegetais.  O vinho monastrel que fez par com esta entrada, apresenta toques de frutas vermelhas e especiarias. Bem gostoso.

gastronomia de Múrcia - Berenjenas fritas con salmonejo con Heredad Candela de Barahonda

Revolconas de autor y chato murciano” com vinho Valtosca da bodega Casa Castillo : Quando vi o menu, eu sabia que “revolconas” era feito com batatas, mas não tinha ideia do que era chato. Se você também ficou curioso, o chato murciano é um tipo de porco de pele negra da região de Múrcia. Depois de várias entradas de sabores mais suaves, o sabor intenso do chato deu um grande contraste. O vinho Valtosa também é um tinto mais encorpado e fez um ótimo par com o prato.

gastronomia de Múrcia - Revolconas de autor y chato murciano” com vinho Valtosca da bodega Casa Castillo

Prato principal com o autêntico sabor da gastronomia de Múrcia:

Arroz con chato murciano y habas” com o vinho 2πR da bodega Gratavinum: Mesmo depois de tantas entradas e sabores, não resisti ao aroma deste autêntico arroz murciano; provei e comi tudo! Realmente estava muito gostoso. O vinho 2πR não ficou a trás, fresco e afrutado, arrisco dizer que foi o melhor da noite.

gastronomia de Múrcia - arroz con chato murciano y habas y el vino Gratavinum

Sobremesa com toques da gastronomia de Múrcia:

Suprema de queso de cabra con chocolate caliente” e o vinho  El Molar da bodega Casa Castillo: A sobremesa de massa folhada recheada de queijo de cabra com chocolate realmente fechou a noite (até porque eu não poderia comer nada mais). Perfeita para quem gosta muito ou pouco de doce, já que queijo de cabra faz um ótimo contraste com o chocolate. Com seu toque achocolatado e de frutas vermelhas, o vinho El Molar também fechou a noite, delicioso.

gastronomia de Múrcia - hojaldre relleno de queso de cabra y vino El Molar de Casa Castillo

O jantar foi realmente maravilhoso, quem quiser conhecer a saborosa e atomática culinária murciana, pode percorrer mais de 400 km desde Madrid até a província de Múrcia, ou ir à Taberna Murciana ou ao Restaurante El Caldero em Madrid, como eles ressaltam, “uma janela para o mediterrâneo”. Inaugurado há 40 anos, o restaurante é especializado na culinária tradicional de Múrcia com toques vanguardistas e modernos. Seus produtos de temporada vêm diretamente do porto de Cabo de Palos e outros fornecedores da região.

Preços: As entradas custam a partir de 7,50€; são individuais, mas podem ser compartilhadas. Os pratos principais custam a partir de 14€ por pessoa, sendo que os arrozes devem ser pedidos para no mínimo 2 pessoas. E possível comer e tomar um bom vinho por 30/35€ por pessoa.

Mais informações e reservas no El Caldero:

Restaurante El Caldero:  +34 91 429 50 44  (calle Huertas 15)
Taberna Murciana:  +34 91 501 61 90  (Travesía de Téllez 2)

De Belo Horizonte, Manaira Araújo é uma jornalista apaixonada por marketing e turismo. No seu blog, compartilha suas experiências pessoais e profissionais em Madrid e no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *