La noche de los libros – A noite dos livros

Dia 23 de abril é uma data especial para os amantes da literatura, pois se celebra o Dia Internacional do Livro e dos Direitos do Autor. Esta data foi escolhida porque neste dia faleceram, entre outros autores, William Shakespeare, Miguel Cervantes e o Inca Garcilaso de La Vega, todos em 1616. Dica de viagem: há duas exposições sensacionais sobre os dois últimos na Biblioteca Nacional. Aliás, essa instituição ficará com as portas abertas até as 22:00 da noite no dia 23 e quem quiser pode aproveitar para ver as exposições neste dia, gratuitamente.

Noche_libros_2

Este ano, em Madrid, a festa começa na sexta-feira, dia 22, e as livrarias e bibliotecas públicas ficam abertas até mais tarde. Serão organizadas palestras, mesas-redondas e encontros com autores.

Como quem gosta ler, geralmente gosta de cinema, várias cinematecas programam mostras de filmes. Uma coisa puxa outra, certo? Quem gosta de ler e de cinema, normalmente gosta de concerto e os centros culturais oferecem recitais. E como todo mundo gosta de beber, os bares lotam. Ou seja: a cidade fica num clima de festa super legal, com as ruas cheias de livros e de gente.

Para alguns eventos, como as palestras de escritores badalados, é bom chegar cedo, pois as filas costumam ser grandes. Este ano será o Paseo do Prado que acolherá várias atividades ao ar livre como conta contos, micro teatro e performances com poemas.

A praça junto ao Museu Reina Sofia se transformou num espaço de leitura a céu aberto.Foto: comunidad de Madrid. Reprodução Autorizada.
A praça junto ao Museu Reina Sofia se transformou num espaço de leitura a céu aberto.Foto: Comunidad de Madrid. Reprodução Autorizada.

Uma boa notícia para quem não consegue – como eu – entrar numa livraria e não sair de lá com ao menos um exemplar, os estabelecimentos dão até 10% de descontos neste dia. As livrarias do El Corte Inglés, por exemplo expõem os livros nas praças durante a semana aumentando minha vontade de comprá-los.

Porém, a festa não se limita apenas à capital espanhola. Em Alcalá de Henares, cidade natal de Cervantes, o Rei entrega o Prêmio Cervantes a um autor reconhecido das letras espanholas. Já ganharam a honraria escritores como Mario Vargas Llosa, Juan Gelman, Carlos Fuentes, Maria Zambrano e Ana María Matute, entre outros. Este ano, o troféu vai para o ensaísta mexicano Fernando del Paso.

Também em Barcelona, a data é comemorada intensamente, pois este dia coincide com a festa do padroeiro da Catalunha, São Jorge. A tradição mandava entregar flores às mulheres, porém quando o Dia Internacional do Livro foi estabelecido dia 23 e popularizado com o passar do tempo, além das flores, agora o costume é presentear com livros também! Nem preciso dizer que este hábito poderia se estender não só a Madrid como a todos os cantos do mundo.

libros
Livros nas ruas em Barcelona. Foto: Cristina Rosa.

No entanto, para quem não está em Madri nesta época, no final de maio sempre temos outra grande festa literária por aqui: a Feira de Livros, realizada no Parque do Retiro. Este ano, ela acontece dos dias 27 de maio a 12 de junho. E é bom lembrar que existem as maravilhosas livrarias de Madrid para serem visitadas o ano todo. Mas isto será um assunto para meu próximo post. Aguardem!

Confira aqui a programação da La Noche de los Libros (em espanhol).

Agradeço a Cristina Rosa, do Sol de Barcelona, pelas dicas e pela foto relativas a Barcelona.

Juliana Bezerra é historiadora com pós-graduação em Relações Internacionais e História Contemporânea. No blog Rumo a Madrid, ela mostra Madrid através da arte e dos artistas.

2 comentários sobre “La noche de los libros – A noite dos livros

  1. Ótimo post! O dia do livro é um grande acontecimento em Barcelona. Recomendo muito participar da festa por aqui. Pelo jeito em Madrid a coisa tb é animada. Que felicidade é comemorar a leitura e o livro. Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *