Os pratos espanhóis que todo mundo deveria provar

Já tem a listinha pronta com o que tem que visitar na Espanha? Pois hoje nós propomos incluir também os pratos que você tem que provar na sua próxima viagem!

Aqui vão os preferidos de cada membro do grupo:

1.Oreja de cerdo a la plancha (por Susana Almeida)

Oreja a la plancha

A orelha de porco também se cozinha em Portugal mas de forma diferente (cozida e servida fria misturada com vinagreta), e por esse motivo nunca gostei. Quando cheguei à Espanha provei a oreja a la plancha e hoje em dia é um dos meus pratos favoritos! Um pouco gordurenta e com uma consistência “estranha” para quem não está acostumado, mas o sabor é delicioso! Nos últimos tempos descobri um boteco típico e no centro de Madrid que passou a ser o meu favorito, La oreja de Jaime (Calle de la Cruz, 13). Super barato, super típico, super aconselho!

2.Arroz meloso con bogavante (por Camila Levy)

Arroz con bogavante

Eu que sou meio anti-pratos “tudo em um”, resolvi me render a delícia que é o arroz meloso con bogavante! É feito com partes esquisitas do peixe, tipo a cabeça, para dar sabor ao caldo. Se mistura muitos vegetais como pimentão, alho, cebola, cenoura e alho poró, com o arroz para fazer caldosos – é um arroz especial – e pedaços de bogavante, que é um parente da lagosta. Quando o prato chega na mesa te deixam também um instrumento especial para “cutucar” a carne do bogavante, além de um babador e muito guardanapo. É pra comer se lambuzando!! O melhor que já provei em Madrid foi do Restaurante Arrocería de María (Arturo Soria, 2). É importante fazer uma reserva pois é um prato bastante especial.

3.Calçots (por Larissa Andrade)

Calçots

Esse é um dos pratos mais típicos da Catalunha e sua única desvantagem é que só pode ser degustado durante os meses mais frios do ano (janeiro – março). Os calçots são uma espécie de cebola, mas que não desenvolvem o bulbo. Eles são preparados em grelhas ou em telhas aquecidas e são apreciados com molho romesco. Em Madrid, recomendo dois lugares para prová-los: o restaurante Can Punyetes (Calle San Agustín, 9 ou Calle Señores Luzón, 5) e no bar Foog Bar Birras & Burgers (Calle Juan de Urbieta, 12), onde eles são preparados de maneiras diferentes: empanados ou no hambúrguer.

4.Fabada asturiana (por Juliana Bezerra)

Fabada asturiana

Talvez este seja o post coletivo mais difícil que já participei, pois acho a comida espanhola simplesmente sensacional. Por isso, vou ficar com o primeiro prato típico que provei quando cheguei em Madrid, originário de região de Astúrias, a fabada asturiana. Feito de fabas (um feijão branco e comprido), chorizo asturiano, morcilha asturiana, lacón e cebola, que devem ser acompanhados da bebida típica da Astúrias, a sidra. É aconselhável degustá-lo no inverno devido ao seu alto valor calórico, mas para o brasileiro que come feijoada no carnaval, não há muito problema. Em Madrid, indico justamente, o restaurante onde a provei pela primeira vez: La Burbuja Que Ríe (Calle Ángel, 16).

5.Pulpo a feira (por Suzana Paquete)

Pulpo a feira

Amo a cozinha da região da Galícia, e esse é um dos meus pratos favoritos. O polvo é cortado em tiras (cada tentáculo fica em pedacinhos), fervido num caldeirão e ele é servido com batatas cozidas, bastante azeite de oliva entra virgem e pimentão doce em pó. A vantagem do polvo é que, mesmo que você perca a hora e a cozinha do restaurante já esteja fechada, eles provavelmente vão dizer que o pulpo ainda pode ser servido, já que ele com certeza estará pré-cozido em alguma panela com água fervendo. Então você poderá matar a sua fome a qualquer hora do dia ou da noite e, se for acompanhado de um vinho Ribeiro ou Albarinho, melhor ainda! Em Madrid, você pode encontrá-lo em qualquer taberna galega, mas um dos mais famosos é o da Sidrería A Cañada (Alonso del Barco, 4).

6.Ropa Vieja (por Cristina Pacino)

Ropa vieja

Para mim, uma surpresa da culinária espanhola: ropa vieja. Originalmente feita com sobras de carne e grão de bico, é um prato delicioso para inverno ou verão. Não confundir com a ropa vieja cubana, que para nós brasileiros é a famosa carne louca.

Prato típico de Madrid (variante do cozido), Múrcia, Canárias e Andaluzia (às vezes carne mechada), conheci por minha sogra que é canária. Faz-se um refogado com cebola, alho, pimentão, cominho, pimentón, tomates em dadinhos. Depois se mistura carne de vaca desfiada, pode ser que sobrou de algum prato ou feito especialmente para este, e adiciona-se grão de bico previamente cozido. Agora imagine tudo-junto-misturado… que delícia! O prato aceita variações com frango, carne de porco e inclusive com polvo, que, para mim, é o melhor!

Do ponto de vista da nutrição, o prato é perfeito, porque mistura legume, carne (proteína) com especiarias, que segundo os entendidos, é o equilíbrio perfeito. Equilíbrio que se encontra ao acompanhá-lo com um bom vinho branco.

7.Jabalí con castañas (por Manaira Araújo)

Jabali con castañas

A Galícia tem vários pratos típicos deliciosos que dependem muito da região. Um deles é Javali com castanhas, encontrado nos pueblos do interior da província. O segredo desse prato são os ingredientes “selvagens”, já que o javali é uma carne de caça e a castanha é um alimento abundante na região durante o inverno e não muito comercializado. Esse prato é bem “potente” como dizem aqui e recomendado para dias mais frios. Em relação ao sabor, a carne de javali é parecida com a do porco, mas é um pouco mais dura e tem o sabor um pouco mais forte. A castanha dá um toque deixando o caldo mais encorpado e serve para completar o prato, ou seja, não é preciso nada mais, nem arroz, nem batata.

8. Huevos rotos (por Sandra Brocksom)

Huevos rotos

A famosa tortilla não é a única forma que os espanhóis têm de comer batatas e ovos juntos. Nos bares, os huevos rotos são batatas fritas, jamón ou outro embutido com ovos fritos por cima que são cortados (rotos) ao comer. São pratos para compartilhar com uma cervejinha no balcão. Em alguns restaurantes podem ser com bacalhau, com cogumelos, frango com curry, camarão, à bolonhesa, o que mais a imaginação permitir para adicionar aos “ovos quebrados”.

Em casa, Paco (meu marido) faz a versão “huevos a lo pobre”, uma variação com batata cozida, jamón, pimentão vermelho e um ovo para cada convidado. Bom, de pobre não tem nada. O prato faz muito sucesso com as minhas irmãs. Paco sempre tem que fazer quando a família se junta.

Em Madrid, os mais famosos e tradicionais são da Casa Lucio (Cava Baja, 35) que não são nem fritos, nem cozidos, e também são os favoritos do rei emérito Juan Carlos.

Uma combinação tão simples, que tem muitas formas de preparar e cada cozinheiro tem o seu jeito e segredo.

9.Carrillera (por Paula Amaro)

Carrillera

A carrillera (ou carrillada) é um corte de carne do porco ou da vaca procedente das bochechas do animal. É um desses pratos que precisam de horas e horas de fogo lento e normalmente é servido com batatas. É simplesmente delicioso. Em Madrid, pode ser encontrada em qualquer restaurante tradicional mas pra mim uma das melhores é a do Álbora (Calle Jorge Juan, 33). Minha dica: o Álbora é um restaurante caro (tem uma estrela Michelin), mas você come igual de bem na barra e pagando um precinho bem camarada.

10.Paella (por Juliane D’Amore)

Paella

Um dos pratos mais conhecidos da culinária espanhola, originário de Valência, foi o primeiro que provamos quando chegamos aqui e caiu no gosto das minhas filhas. Elas adoram frutos do mar e a paella não as deixa com vontade. Embora a paella possa ser feita com outros ingredientes (frango, vegetariana), foi a que leva camarões, lulas, mexilhões que fez sucesso aqui em casa. Uma das nossas primeiras aquisições foi a panela própria para preparar o prato e como os frutos do mar aqui são bastante acessíveis e ela é bem simples de preparar, volta e meia está na mesa. E pra sorte das gurias, ela entra no cardápio da escola pelo menos duas vezes ao mês.

Apesar de não ser um prato típico da capital existem ótimos restaurantes, por isso não perca nosso super post com os melhores restaurantes de Madrid para provar essa delícia!

Paula Amaro é apaixonada por viagens e por descobrir lugares novos, seja em Madrid, seja no Brasil ou qualquer outro lugar do mundo. No seu blog “BiteMeMad” compartilha dicas sobre restaurantes. Paula foi uma das criadoras do BLPM e fez parte do grupo durante mais de 2 anos.

Um comentário sobre “Os pratos espanhóis que todo mundo deveria provar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *