Transporte em Madrid

Post por Larissa Andrade, autora do blog Esto es Madrid, Madrid

Madrid é uma cidade que pode e deve ser conhecida a pé. Sem muitos altos e baixos, com exceção de alguns bairros, a cidade é bastante agradável para fazer longas  caminhadas e grande parte das atrações turísticas está concentrada no centro. Mas é claro que, durante a viagem, você vai usar algumas vezes o transporte público de Madrid, que é eficiente e relativamente barato se comparamos o preço ao de outras cidades europeias. Mas que meio de transporte escolher?

metro de madrid

Lembrando que se você for usar o transporte várias vezes na sua viagem, vale a pena comprar um bilhete com 10 viagens, que custa 12,20€ e pode ser usado tanto no metrô quanto no ônibus.

Metrô

O meio de transporte com melhor custo x benefício é o metrô, que cruza a sentida inteira em todos os sentidos. No centro, é possível encontrar ver uma estação a 3 minutos de caminhada de outra e às vezes elas estão tão perto que nem vale a pena. Pouca gente sabe, mas Madrid tem uma das maiores redes de metrô do mundo!

Símbolo do metrô de Madrid
Símbolo do metrô de Madrid

Os preços variam entre 1,50€ e 2€ em toda a zona A (que é bastante ampla e inclui todos os pontos turísticos da cidade) e você não tem que se preocupar em calcular porque a própria máquina de venda de passagem faz isso. Você só tem que escolher a estação onde vai descer e ela te dá o preço. Com essa passagem, você pode fazer quantas baldeações quiser numa viagem, desde que seja sempre na zona A.

Com a crise, a frequência entre os trens do metrô aumentou e no fim noite pode chegar a demorar bastante – até uns 15 minutos! Durante as horas do rush algumas linhas ficam lotadas, mas para quem vem de SP é fichinha, rs!

transporte publico madrid

O metrô é o transporte mais usado porque sempre tem uma estação pertinho de onde você quer ir e normalmente não demora muito. Como desvantagem desse meio de transporte, algumas estações ainda não tem elevador e/ou escada rolante e isso pode ser um problema para quem vai com malas. Mas, sem dúvida, é a melhor opção. Além disso, em Madrid o metrô fecha à 1 da madrugada.

Ônibus

A passagem do ônibus municipal custa 1,50€ e o ônibus costuma ser confortável, além de ter wifi e ar-condicionado, o que é fundamental no verão. Nos próprios pontos de ônibus há placas indicando as linhas que param naquela parada, a frequência e o trajeto, e na maioria há um painel eletrônico que indica quanto tempo falta para os próximos passarem.

onibus-madrid-5

Como desvantagem, o ônibus costuma ser mais lento que o metrô porque faz muitas paradas. O lado positivo é que os ônibus continuam circulando à noite, todos os dias da semana, com uma frequência mais alta de sexta a domingo. As linhas que circulam à noite são chamadas de búho (coruja) e são identificadas pela letra N que aparece antes do número.

Trem Cercanías

Os trens que circulam na cidade de Madrid e arredores são chamados de Cercanías e têm como objetivo conectar Madrid às cidades vizinhas ou bairros mais afastados, por isso não é uma opção tão usada pelos turistas. No centro, as principais estações são Chamartin, Nuevos Ministérios, Recoletos, Sol e Atocha, por isso são uma boa opção se você quer ir de uma a outra, porque os trajetos são bem curtos e rápidos. A passagem custa 1,70€.

trem madrid

Além disso, o trem cercanías pode ser uma boa para quem vai fazer uma viagem de trem  a outras regiões do país saindo das estações de Chamartin ou Atocha.

atocha

Outras dicas:

  • Se você está vindo para Madrid e quer saber qual transporte escolher para ir do aeroporto até o centro, nós já falamos sobre isso neste post.
  • Também escrevemos aqui sobre a melhor maneira de ir de Madrid até cidades vizinhas como Toledo ou Segóvia.

Atenção para quem vem em junho de 2016

Linha 1 Fechada

A linha 1 do metrô de Madrid permanecerá fechada de 18 de junho até 28 de outubro entre as estações de Plaza Castilla e Sierra de Guadalupe para obras de melhorias. As obras afetam um percurso de 23 estações e também prejudicam a locomoção dos madrilenhos e turistas, já que é uma das principais linhas no centro da cidade.

Para minimizar o impacto, haverá linhas de ônibus especiais circulando durante esses meses. Toda a informação está disponível no site oficial.

Greve no transporte público

Essa semana vai ser complicada para os usuários do transporte público em Madrid, porque tanto o metrô quanto o trem (cercanías, média e longa distância e AVE) estão em greve. Para os turistas, basta saber quais são os horários em que o transporte estará de greve e tentar evitá-lo.

madrid transporte

Metrô – A greve não acontece o dia inteiro, mas em horários específicos do dia, nos quais o número de trens circulando se reduz, ou seja, o metrô não para 100%.  A greve acontece nos dias 13, 14, 15, 16, 17, 20, 22, 23 e 24 de junho e os serviços mínimos variam entre 51% e 65%.

No dia 14, a greve será das 14 às 17; na quarta, das 06:05 às 09, na quinta, das 06:05 às 08:40, das 13:20 às 16:25 e das 17:30 às 19:55; e na sexta, das 18:30 às 21 horas. Para a semana que vem, o horário não ainda foi divulgado, mas você pode conferir no site oficial.

Trem – Se você vai viajar entre diferentes cidades da Espanha, é melhor conferir se o seu trem não foi afetado, já que essa greve atinge tanto os trens de Cercanías (Exceto na Catalunha) quanto os de meia e longa distância e os AVE (alta velocidade). A greve da Renfe é de 24 horas e acontece nos dias 14 e 16 de junho. No caso dos trens dos Cercanías, eles rodarão com 50% da capacidade – ou 75% nas horas de pico. Para saber os horários dos trens, basta usar o simulador.

Larissa Andrade é jornalista, paulista e apaixonada por Madrid, onde mora desde 2011. No blog “Esto es Madrid, Madrid” conta suas experiências e dá dicas sobre a cidade, enquanto no”Be My Beer” fala sobre o mundo da cerveja artesanal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *