Como evitar que as crianças fiquem doentes durante o inverno madrileño

Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

Post por Paula Amaro, autora dos blogs Bitememad e Viajando com bebê

la-foto-1

O mês de novembro em Madrid é para muitos pais um mês de poucas horas de sono. Não só chega o frio, mas também há um aumento de contaminação na cidade. O ar, que já é seco, fica de péssima qualidade. E com isso, aparecem as doenças respiratórias, resfriados, etc. Ou seja, o pesadelo dos pais.

Para passar um inverno sem muitos traumas e longes das salas de urgência, deixo algumas dicas preventivas:

  1. Quentinho sim, derretendo nunca!

palermo

É muito importante ter a criança bem abrigada no inverno, mas cuidado para nao exagerar. As creches e escolas têm aquecimento e se você exagera na quantidade de roupa a criança pode assar. Ou seja, nada de meter uma ceroula para ir para a escola!

O ideal é que a criança esteja com um uniforme (calça, camisa de manga longa e moletom) e por cima um casaco grosso que será tirado assim que chegue na creche/escola. Nunca esqueça gorro, cachecol e luvas, principalmente pela manhã quando faz mais frio!

O mesmo vale para os passeios. Não precisa passar o inverno dentro de casa, mas sempre quentinho na rua e com roupa mais leve por baixo. Lembre que todos os lugares fechados estão aquecidos.

  2. Umidificador para respirar melhor pela noite

humidificador

Como o ar de Madrid é muito seco, é essencial ter um umidificador no quarto da criança, principalmente quando o aquecimento da casa está ligado.

O umificador vai ajudar a manter a umidade do ar e evitar possíveis irritações de pele e garganta. Ajuda muito nas crises de tosse.

  3. Vitaminas para ficar mais forte

vitamina-d

Além do frio, temos menos horas de luz no inverno. Por isso é importante que os bebês continuem tomando Vitamina D. Além disso, alguns pediatras recomendam ferro para aquelas crianças com histórico de doenças respiratórias. Vale a consulta.

  4. Soro no nariz: o melhor remedio é a prevenção

soro-bebe

A melhor maneira de manter as crianças longe de remédios é usar e abusar do soro fisiológico. É desagradável, a criança reclama, mas é a melhor coisa que um pai pode fazer por um filho durante esse período. Mantendo o nariz limpo e hidratado, as chances que a criança fique doente caem muito.

  5. E se não der certo… sempre tem a cebola!

pies_cebolla_4

Como aqui em Madrid muitas crianças têm crises de tosse, existe um truque muito usado entre as famílias para que pelo menos a criança durma pela noite: colocar uma cebola cortada ao lado da cama. Não é uma experiencia muito agradável dormir com uma cebola, mas garanto que funciona!

E você, tem alguma dica para passar imune pelo inverno?

Paula Amaro é apaixonada por viagens e por descobrir lugares novos, seja em Madrid, seja no Brasil ou qualquer outro lugar do mundo. No seu blog "BiteMeMad" compartilha dicas sobre restaurantes. Paula foi uma das criadoras do BLPM e fez parte do grupo durante mais de 2 anos.
Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

2 comentários sobre “Como evitar que as crianças fiquem doentes durante o inverno madrileño

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *