Restaurantes ‘low cost’ de chefs estrelados

Atualmente Madrid tem doze restaurantes premiados com pelo menos uma estrela Michelin. Obviamente são restaurantes caros e nem todo mundo pode gastar mais de 70 Euros numa refeição. A boa notícia é que muitos desses chefs têm restaurantes low cost, com preços mais em conta, para aqueles que querem ter um gostinho do que podem encontrar num restaurante estrelado, mas sem gastar uma fortuna.

restaurantes low cost de chef
Quecas Ahogadas do Cascabel

Se você é como eu, um apaixonado por gastronomia, não deixe de conhecer pelo menos alguns dos restaurantes dessa lista. Garanto que você irá se surpreender com os sabores que irá encontrar gastando menos de 30/35 Euros por pessoa (eu sei que não é baratinho, mas um restaurante com estrela Michelin vai custar no mínimo 65/70 Euros por pessoa).

StreetXo
Calle Serrano, 52 (último andar do El Corte Inglés)

Esse é o restaurante low cost do chef David Muñoz, o único chef de Madrid com 3 estrelas Michelin (DiverXo). Eu conheço o DiverXo e já estive no StreetXo várias vezes. E se digo a verdade gosto muito mais do StreetXo, tanto pela comida como pelo ambiente louco criado por David. A única coisa ruim é que esse restaurante não aceita reserva e sempre tem fila. Mas vale a pena esperar! Para quem gosta de comida picante, não deixe de prova o Chili Crab. É divino! O StreetXo agora também tem uma filial em Londres.

Chili Crab do StreetXo
Chili Crab do StreetXo

Salón Cascabel
Calle Serrano, 52 (último andar do El Corte Inglés)

Localizado ao lado do StreetXo, o Cascabel é a barra de desejos mexicanos do Punto MX, o único restaurante mexicano com estrela Michelin na Europa. O chef Roberto Ruiz conseguiu elevar a cozinha mexicana a um outro nível e tem uns pratos fantásticos em ambos restaurantes. Não deixe de provar as margaritas, porque é uma melhor que a outra. O Cascabel também não reserva, mas em geral a fila é menor que o StreetXo.

Margaritas do Cascabel
Margaritas do Cascabel

Estado Puro
Plaza Cánovas del Castillo, 4

Esse restaurante é o laboratório de Paco Roncero, que tem duas estrelas Michelin na Terraza del Casino. É um lugar ideal para quem está de turismo em Madrid porque está entre o Museu do Prado e o Thyssen. Lá você vai encontrar pratos típicos espanhóis com um toque a mais do chef, além de alguns pratos super diferentes que ele oferece também no seu restaurante estrelado. Não deixe de provar o Caldoso de Rabo de Toro. É o meu arroz preferido em Madrid. Se quiser se arriscar com um prato mais sofisticado prove o Filipino de chocolate com foie-gras, mas aviso que não é para qualquer paladar!

Caldoso de Rabo de Toro do Estado Puro
Caldoso de Rabo de Toro do Estado Puro

Vi Cool
Calle Huertas,12 ou Calle Lagasca, 32

O Vi Cool é o projeto informal de Sergi Arola, um lugar para comer no fim de semana com a família ou para um jantar com um grupo de amigos. Sergi Arola tem duas estrelas Michelin no Sergi Arola Gastro, além de vários restaurantes ao redor do mundo, incluindo o Arola Vintetres, em São Paulo.

La Cesta
Calle Lagasca, 52

Oscar Velasco é o chef responsável pelo Santceloni, um clássico madrileño com duas estrelas Michelin. O restaurante La Cesta é uma proposta de tapeo em plena milla de oro madrileña. É o lugar ideal para provar umas boas tapas depois de um dia de compras pelo bairro Salamanca. Os mexilhões-tigre são deliciosos. A barra do restaurante é bem legal e ‘convida’ a uma copa depois do jantar.

Mejillones Tigre do La Cesta
Mejillones Tigre do La Cesta

Tapería La Cabra
Calle Francisco de Rojas, 2

O jovem chef Javier Aranda, que foi premiado com uma estrela Michelin no final de 2014, teve a ideia genial de montar uma Tapería no seu restaurante. Assim os clientes podem decidir entre provar o menu impecável do La Cabra ou ter um gostinho da cozinha de Javier através de suas tapas, num ambiente bem informal. E um ponto super positivo do La Cabra é a oferta de vinhos a ótimos preços.

Álbora Bar
Calle Jorge Juan, 33

Assim como o La Cabra, o Álbora foi premiado com uma estrela Michelin em 2014. Esse restaurante de cozinha mais tradicional ainda conta com dois sóis Repsol e uma zona de barra bem legal e que sempre está cheia de clientes fiéis. Isso simplesmente porque na barra os preços são diferenciados e bem em conta, mas a qualidade da cozinha é a mesma. Ao meio dia o menu é excelente e super barato, principalmente quando comparado aos preços do bairro Salamanca.

Calle Goya,5

Por último, eu não poderia deixar de falar do Platea, um espaço gastronômico localizado em uma das zonas mais nobres de Madrid com projetos de quatro chefs estrelados, sobre o qual já falamos nesse post. O restaurante Arriba, por exemplo, é de Ramón Freixa (2 estrelas Michelin). Além disso, há cinco espaços criados pelos chefs Paco Roncero (2 estrelas na Terraza), Marcos Morán (1 estrela na Casa Gerardo) e Pepe Solla (1 estrela no Solla). São eles: La batea, Castizo, A mordiscos, Entrecortes e De cuchara.

Platea Madrid
Platea Madrid

Com todas essas opções dá para virar um crítico gourmet sem gastar muito! Bom apetite!

Um comentário sobre “Restaurantes ‘low cost’ de chefs estrelados

  1. Da lista, já fui no Salón Cascabel, no Vi Cool, no Platea e no Estado Puro. Gostei de todos, mas o Vi Cool foi o melhor em sabores e preço. Acho que falta incluir na lista o Atlántico Casa de Comida do Pepe Solla. Além de ser uma delícia, os preços também são bons!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *