Viagem de Madrid a Múrcia para descobrir a origem do restaurante El Caldero

Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

Guest Post da Letícia Junqueira, que representou o BLPM na viagem de Madrid à Múrcia a convite do restaurante El Caldero.

Muitos turistas quando preparam seus roteiros para a Espanha não incluem Múrcia, seja por falta de tempo ou por desconhecimento. Por isso, neste post vamos descobrir os encantos dessa região contando como foi a viagem de Madrid a Múrcia com blogueiros de vários países. Com certeza você ficará com vontade de conhecer essa região!  E vai saber também como desfrutar os aromas e sabores de Múrcia sem sair de Madrid!

A região  de Múrcia está situada no sudeste da Espanha e é uma das maiores produtoras de frutas, verduras e flores da Europa. Também conta com vinícolas e destilarias que oferecem ao mercado produtos de alta qualidade. A culinária espanhola dessa região também é muito conhecida e, mais que isso, muito saborosa.

O BLPM foi convidado pelo restaurante El Caldero para conhecer toda a tradição murciana e como eles levam tudo isso para Madrid. É isso mesmo! Uma vez por semana a Caldero Van leva todos os ingredientes fresquinhos até Madrid: peixes, carnes, frutas e verduras, azeites, vinhos, licores, café, etc. Isso garante sempre a qualidade e o sabor oferecidos pelo restaurante.

Restaurante EL Caldero - Van que transporta os alimentos

São aproximadamente 400 km de distância desde Madrid até a capital Múrcia, e assim que chegamos a essa região do país já vemos as inúmeras hortas ao longo das estradas.

Nosso primeiro destino foi Cabo de Palos, que está à margem do Mar Mediterrâneo e do Mar Menor. É daí que vêm os melhores peixes e mariscos da região e que chegam toda semana até Madrid. A Peixaria Cabo de Palos I está neste ramo há quatro gerações e é responsável em fornecer esses produtos, com exclusividade, ao El Caldero.  

Múrcia - Peixaria Cabo de Palos
Peixaria Cabo de Palos I em Múrcia

Foi aqui que experimentamos huevas y salazones, que algumas pessoas chamam de “o caviar mediterrâneo”. Por seu sabor acentuado e forte são servidos com amêndoas torradas, que amenizam mas não anulam o gosto intenso. Se acrescentar uma cerveja gelada, a combinação está perfeita!

A hora do almoço foi mais que especial: experimentar o famoso arroz al caldero, preparado com mais de quinze mariscos. Fomos a um restaurante típico da região, o Cala Flores. Sabe aquela sensação de que você está chegando na casa da sua avó? Foi assim! Pessoas ótimas, ambiente agradável e comida saborosa. Além do arroz, também experimentamos boquerones, salada murciana e doces típicos da região de sobremesa.

Arroz El Caldero - Múrcia
Arroz al Caldero | Créditos: El Caldero Restaurante

O arroz al caldero é preparado em um caldeirão, por isso o nome. Além disso, leva ingredientes típicos da região de Murcia, como um tipo de pimenta doce e seca que proporciona o sabor característico. Além disso, é um prato mais “molhado” e de sabor intenso, se compararmos com a paella.

Uma das coisas que mais chamou nossa atenção em Múrcia é o número de empresas centenárias. Os anos passam e as novas gerações continuam o negócio de suas famílias, com muito orgulho e dedicação. E assim vão criando uma rede de fornecedores e parceiros, girando a economia local.

Depois do almoço todo mundo merece uma café, certo? E que tal um café diferente? Fomos até um dos outros fornecedores do Restaurante El Caldero, a empresa José Diaz. Eles são os responsáveis por difundir o Café Asiático. Além de nos mostrar como preparar e degustar o café, também nos mostraram o copo desenvolvido especificamente para ele. Anota aí a receita: leite condensado, brandy, Licor 43, café, canela, raspas de casca de limão e dois grãos de café.

receita café asiatico
Receita café asiatico. Imagem: Asiatico Shop
Múrcia - Café Asiático
Café Asiático

O café servido no restaurante El Caldero é fornecido pela empresa Pérez-Campos. A região não é a mais indicada para a produção do café, então eles importam os grãos dos melhores cafés do mundo, inclusive do Brasil, e realizam todo o processo de produção em suas instalações.

Café Brasileiro
Café Brasileiro

Uma outra empresa centenária que visitamos foi a Destilería Bernal, fornecedora de brandy, whisky e rum para o restaurante. Aqui encontramos uma produção bastante artesanal e selecionada. Para chegar ao ponto certo dessas bebidas é necessário paciência e muitos anos de sabedoria.  

Múrcia - Destilaría
Produção exclusiva para o restaurante El Caldero

Depois dessa última visita do dia, fomos ao Balneário de Archena, um complexo de hotéis, piscinas e termas. Sem dúvida é o melhor lugar para descansar, repor as energias e cuidar do seu bem-estar. A história desse lugar é muito interessante e antiga, já que seus primeiros registros são do século V a.C. Escavações arqueológicas recentes têm apresentado descobertas muito curiosas e importantes.

Aqui você vai encontrar um arquitetura no estilo nazarí, que é a mesma que vemos, por exemplo, em Granada na Andalucía, outra região da Espanha. Esse é mais um dos ingredientes que compõem a história do Balneário.

Múrcia - Estilo Nazarí no Balneário de Archena
Estilo Nazarí no Balneário de Archena

Depois de aproveitar as águas termais do Balneário, no dia seguinte fomos conhecer a vinícola fornecedora do vinho branco do restaurante El Caldero. A vinícola Barahonda está na região de Yecla, uma das áreas produtoras dos bons vinhos de Múrcia. Sabemos que os vinhos espanhóis mais conhecidos são da Rioja, mas depois de experimentar vinhos murcianos podemos dizer que são tão bons quanto! A vinícola atende a um alto padrão de qualidade em todas as suas instalações e linha de produção e aumenta cada vez mais sua exportação. Pedidos do Brasil, Estados Unidos e Japão aumentam exponencialmente.

Depois de conhecer essa região espanhola, essas pessoas, o potencial produtivo da região, e claro, todos os seus aromas e sabores, fica fácil entender porque o restaurante El Caldero faz questão de levar tudo que tem em sua região para Madrid. E dizer que eles levam Múrcia até Madrid não é nenhum exagero.

Se ficou com vontade de experimentar Múrcia sem sair de Madrid:

  • El Caldero Restaurante: Calle Huertas, 15 (+34 91 429 50 44)
  • El Caldero Taberna Murciana: Travesia de Téllez, 2 (+34 91 501 61 90)

O BLPM, Blogueiros de Língua Portuguesa em Madrid é composto por 8 membros e 10 blogs todos eles escritos em português. Falamos das nossas aventuras na cidade de Madrid e também pelo mundo. Vem viajar connosco!
Compartilhar
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedInEmail this to someone

2 comentários sobre “Viagem de Madrid a Múrcia para descobrir a origem do restaurante El Caldero

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *