Como foi organizar o EEBB em Madrid

Quem acompanhou o BLPM em 2018 viu nosso envolvimento na organização do EEBB (Encontro Europeu de Blogueiros Brasileiros), evento que reuniu em Madrid a blogosfera brasileira que vive na Europa.

Foram muitos meses de trabalho, já que a organização começou ainda em 2017. E cada detalhe foi pensado com muito carinho. O BLPM se fortaleceu e se transformou na organização deste evento, em que tivemos a oportunidade de trabalhar como um verdadeiro time.

Infográfico do EEBB Madrid em números – Apresentação de abertura


O evento, que aconteceu em novembro, foi um verdadeiro sucesso, com números supreendentes. E nada disso seria possível sem contar com uma equipe competente e com parceiros de alto nível.

Estamos em clima de despedida do #EEBBMadrid e pouco antes de passarmos o bastão para a nova cidade sede, pedimos para cada BLPMer contar um pouco da sua experiência nesta jornada de organização. Confira:

Martina na palestra de abertura do EEBB – Foto: ©All You Need Is Photo

Martina – The Getaway Blog

Mergulhei na minha primeira edição do EEBB como organizadora. Sem ter referências dos encontros anteriores o começo foi bastante abstrato. Afinal, eu me perguntava:  “Devemos enfatizar mais as palestras ou as vivências de turismo em Madrid?”, “O que exatamente os participantes esperam e como transformar sua expectativa em uma experiência inesquecível?”, “Quem é a comissão permanente e qual a nossa autonomia nas decisões?”, “Qual será a nossa régua de relacionamento com parceiros?”, “O que é mesmo este sorteio que já é tradição?”. Neste território de muitas perguntas, fui chegando de mansinho. E a experiências das gurias do BLPM, em edições anteriores, foi fundamental para que eu pudesse me ambientar e diminuir um pouco a minha ansiedade.

Apoiei a organização do EEBB nas comissões de redes sociais e inscrições, principalmente organizando pesquisas e informações, transformando dados em tabelas e criando comunicados para os participantes. Mas não deixei de dar pitaco nas outras comissões e ajudar quando era necessário. Fiz vários contatos com potenciais parceiros e cresci muito enquanto blogger neste período.

O EEBB foi sem dúvidas uma experiência bem marcante para mim em 2018. Como “nômade digital” costumo trabalhar com equipes remotas e em projetos de curto prazo. Confesso que estava com saudade da confusão (e da delícia) que é compartilhar entregas sistemáticas, participar de várias reuniões presenciais, debater alternativas e dividir tarefas.

Nem sempre foi fácil, mas estar ao lado de um time tão competente e complementar, como é o caso do BLPM, foi uma sorte e tenho certeza que saímos fortalecidas dessa experiência e cheias de gás para novos projetos coletivos em 2019.

Larissa (e as demais BLPMers) recebendo nossos convidados – Foto: ©All You Need Is Photo

Larissa – Esto es Madrid, Madrid

Estive nas duas primeiras edições do EEBB e quando algumas integrantes do BLPM sugeriram que Madrid fosse a sede do evento, confesso que fiquei em dúvida, porque sabia que a responsabilidade era grande. Apesar de seguir diretrizes, o evento é diferente em cada cidade e tem um pouco a cara do organizador e do local que o sedia e é claro que eu queria que Madrid deixasse uma boa impressão.

Assim como para a Martina, o EEBB também foi uma parte marcante desse 2018 e, depois de terminado (ufa!), posso dizer que foi um trabalho feito em equipe, com muita animação por parte do BLPM. Como organizadora, apontaria dois pontos positivos: o estreitamento dos laços e da relação profissional com as outras integrantes do BLPM e a possibilidade de fazer contatos em Madrid com empresas do setor de turismo, que passaram a conhecer e apoiar nosso projeto.

Os dias anteriores ao evento foram estressantes (mas culpo isso à minha falta de experiência na área), mas o EEBBMadrid foi uma delícia! Espero que os blogueiros tenham curtido tanto quanto a gente e que o evento continue se espalhando pela Europa.

Suzana compenetrada na programação – Foto: ©All You Need Is Photo

Suzana – That Good Trip

Depois de ter ido a 3 EEBBs (Porto, Berlim e Paris) e de ter aprendido muito em cada evento e em cada cidade, quando surgiu a oportunidade de organizá-lo em Madrid (com o apoio das integrantes do BLPM), fiquei bem animada e entusiasmada. Porque a cada evento aprendemos algumas coisas, gostamos de outras coisas e surgem muitas ideias a partir de tudo isso. Pensar em um evento desse porte e importância para a sua própria cidade mexe muito com a gente. Temos vontade de pegar os participantes pela mão e levá-los pra conhecer o que a gente mais gosta da nossa cidade, temos vontade de reunir o melhor do nosso mundo e retribuir tudo o que nos foi dado nos anos anteriores. Resumindo, temos vontade de colocar nosso grão de areia em prol da continuidade do evento, e de seguir conhecendo a blogosfera brasileira residente na Europa.

Ao mesmo tempo, um item que tem extrema importância são as palestras e atividades que faremos com os participantes. Esse ano tivemos a ideia de perguntar aos inscritos se alguém gostaria de falar sobre algum tema sobre o qual são especialistas. Tivemos muitas inscrições, o que nos deixou bem felizes, afinal todo mundo sempre tem algo pra ensinar. Escolhemos algumas que acreditamos ser relevantes, tomando o cuidado para não repetir temas já falados em outras edições. Esse ano sugerimos uma atividade em grupo, algo novo dentro do evento, e deixamos a tarde livre para outras atividades. Acho que acertamos!

Aprendi que é fundamental começar a organizar tudo com a maior antecedência possível, porque sempre surgem mais pendências durante o caminho, e sem organização a gente não chegaria a novembro com tudo pronto. Começamos no final de fevereiro, ou seja, 9 meses antes. Conheci melhor as habilidades de cada integrante do BLPM, o que foi fantástico! Somos todas bem diferentes, mas conseguimos unir forças e dar nosso toque a cada detalhe do EEBB. Eu adorei trilhar esse caminho, ajudando a organizar e a motivar a equipe, e o evento saiu redondinho, com a nossa cara e com o que gostaríamos de aportar à blogosfera brasileira expatriada. Só tenho que agradecer a essas meninas maravilhosas, que não deixaram a peteca cair, e aos participantes que trouxeram na mala muita vontade de compartilhar e aprender em um fim de semana prolongado em Madrid. Foi lindo! 🙂

Juliana no tour do Museu de História de Madrid

Juliana – Rumo a Madrid

Organizar o EEBB foi muito gratificante. Considero-me uma veterana do EEBB, pois estive em todas as edições, exceto a de Paris. Como cada encontro é melhor do que o anterior, ficaria difícil superar! Contudo éramos uma equipe, o BLPM, e cada uma das integrantes colocou seu talento a serviço desse projeto. Acho que isso foi o segredo do sucesso! Por isso tivemos um encontro tão diverso, mas ao mesmo tempo tão “madrilenho” com direito a churros e chocolate quente!

Para que tudo desse certo, nos dividimos em comissões, que não eram estanques. Cada uma podia dar seu pitaco e ajudar as outras para fazer a roda girar.

Fiquei responsável, principalmente, pela parte de tours, junto com Sandra Brockson e Juliane D’Amore. O desafio foi oferecer passeios interessantes para quem já conhecia Madrid e quem vinha pela primeira vez. Assim, equilibramos a oferta com roteiros que fossem agradar tanto quem gosta de natureza e história como do lado alternativo da cidade.

Pela primeira vez, num EEBB, foram propostos tours em museus, mas preferimos escapar dos sensacionais – porém manjados -, grandes instituições de Madrid.

Decidimo-nos pelo Museu de História de Madrid e o Museu do Romanticismo, pequenas joias que passam despercebidas pelos turistas mais apressados. Também foi uma forma de apresentar a história da cidade através de obras de arte.

No domingo, formamos três grupos que se dividiram pelos bairros de Madrid e pelo Parque do Retiro.

Enfim, deu medinho (na verdade, medão), mas superamos e tivemos uma ótima acolhida! Afinal, quem vem para o EEBB são pessoas de espírito aberto, cooperativas, colegas blogueiros, e sobretudo, brazucas imigrantes que sabem o quanto é difícil conquistar seu lugar nas Zoropa.

Joana comemorando o final do EEBB

Joana Tiso – Entre tapas y cañas

Como as meninas já contaram, nos separamos por comissões durante a pré-produção do EEBB. Fiquei nas seções de comes e bebes e redes sociais, embora tenha tido um contato bacana com o pessoal da WiFi Away também. Comecei de mansinho, já que nunca tinha participado do encontro e não tinha noção de como funcionava ou do quanto a gente teria de autonomia, por exemplo. Tenho experiência em produção e comunicação digital de eventos, por isso imaginei que o EEBB seria mais um projeto e que eu não conseguiria me empolgar tanto quanto as outras organizadoras. Mas foi impossível não me contagiar pela energia das meninas e a vontade infinita que elas tinham de fazer um superevento (e fizeram). Sou novata no BLPM e no EEBB, então foi ótimo descobrir um pouco mais sobre a blogosfera, mas eu tenho certeza de que o mais importante nesse processo foi estreitar relação com as minhas companheiras de BLPM. Além, claro, da chance que eu tive de fazer novos contatos com empresas que atuam em Madrid. Valeu a pena, com certeza. E vida longa ao EEBB! =)

Manaira recebendo um dos nossos palestrantes e parceiros – Foto: ©All You Need Is Photo

Manaira – Blog Manaira Araújo

Foi muito interessante a experiência de deixar o posto de “participante” para ser “organizadora” do EEBB. Vimos na pele que o evento não dura 3 dias…. Para nós da organização foram mais de 6 meses intensos de preparativos, reuniões, contatos, produção, conteúdos… Acredito que quando oferecemos Madrid para ser a sede da quinta edição do encontro de blogueiros brasileiros que vivem na Europa não tínhamos ideia da trabalheira que seria… E muito menos de como seria prazeroso trabalhar e conhecer melhor os participantes do BLPM. Mais que uma rede de blogueiros de língua brasileira que vivem em Madrid, somos uma equipe! Fizemos de tudo para que os participantes pudessem compartilhar conhecimentos e experimentar e viver um pouco do que mais gostamos da cidade que escolhemos para ser nossa. O feedback que recebemos antes, durante e depois do EEBBMadrid foi positivo e isso nos deixa com o sentimento de dever cumprido.

Juliane no Churros break – Foto: ©All You Need Is Photo

Juliane – Mel a mil pelo mundo

Participei do primeiro EEBB em Paris e foi uma experiência muito bacana, onde pude conhecer pessoalmente amigos virtuais e aprender muita coisa boa. A ideia de que o seguinte encontro fosse em Madrid foi muito empolgante. E participar de todo esse processo foi algo desafiador. Organizar um evento para 50 pessoas, pela primeira vez, exigiu uma grande união do grupo, muitas trocas de ideias, um planejamento que começou já no comecinho do ano. E foi uma realização fazer parte disso, ver o empenho de cada uma em fazer com que tudo saísse perfeito e o encontro fosse o sucesso que foi.

Meu maior desafio foi o de fazer os tours, comissão que participei junto com a Ju e a Sandra. Oferecer uma experiência excelente a um grupo de blogueiros, que na maioria são experts em viagens, deu frio na barriga. Mas o feedback que recebemos foi tão bom que fez tudo valer muito a pena. E com certeza recebemos muito mais do que entregamos. Conhecimentos, experiências, amizades e a vontade de que venha o próximo EEBB!

Camila na recepção dos blogueiros – Foto: ©All You Need Is Photo

Camila – Con su lado de Ca

Na contramão do movimento, eu nunca participei de um EEBB por não viver tão dedicada ao meu blog, e me envolvi muito pouco ou quase nada durante toda a preparação. Isso ocorreu em grande parte por medo dos meus compromissos profissionais e por não saber se eu estaria disponível na data concretada. Preferi ficar na retaguarda cuidando do BLPM enquanto as meninas ficaram mais enfocadas em fazer o EEBB acontecer.

No dia do evento eu estaria finalmente em Madrid, então fiz o que estava ao meu alcance: deixei as participantes dentro do evento, participando ativamente e, melhor ainda, curtindo o que elas suaram tanto pra dar certo (e deu). Fui atrás dos pormenores: ajudar na organização dos detalhes finais, como os crachás e bolsas, buscar o churros com chocolate, montar a mesa de café e logo ajudar a montar o catering, etc. Me senti muito útil e feliz por deixar as meninas à vontade no seu espaço e foi também muito gratificante ver que os participantes adoraram a oferta gastronômica! Mais um plus pro BLPM na organização!

Espero que a comissão permanente e os participantes tenham curtido essa edição e que o BLPM tenha aberto muitas pontes para os próximos EEBB!

Cris Pacino lembrando os participantes das # oficiais do evento – Foto: ©All You Need Is Photo

Cris Pacino – Aqui se fala Português

O de Paris foi o meu primeiro EEBB, e já de cara participei da palestra apresentando o BLPM.

Então, como tenho bastante experiência em conteúdo, me ofereci para participar dessa comissão bem no começo dos trabalhos. Por estar estudando para prestar concurso em junho, dei uma pausa em todo o resto (até academia eu parei), e depois de terminar o concurso (não passei, gente), voltei e vi que as companheiras do BLPM já tinham feito o trabalho. Aí foi quando arregacei as mangas e dei um gás na ajuda em tudo o que podia para dar continuidade, às partes que já haviam sido iniciadas.

Organizar o EEBBMadrid foi uma experiência super gratificante, aprendi muito de logística de eventos, coisa que eu (confesso) achava uma chatice e agora gosto, e posso dizer que cada uma de nós ganhou mais confiança pessoal, ganhamos mais coesão como grupo, aprendemos a trabalhar sem chefe e sermos responsáveis pelas nossas tarefas, além de solidificar as amizades, se é que precisava.

Olha, tantos anos de eventos, nunca, nunquinha, um evento saiu tão redondo. Olé!

Para mim a única pena foi não ter assistido a todas palestras, pois estava mais ligada na logística, entretanto  sei que foram tudo de bom pelos comentários.

Longa vida ao EEBB, parabéns e obrigada a todas as pessoas que vieram a Madrid, cada uma contribuiu para que o encontro fosse um sucesso e espero que esta cidade seja um destino desses que te dejan con buen sabor de boca, por isso queiram repetir.

Nosso agradecimento:

E com essas palavras entusiasmadas da Cris, finalizamos o nosso post com um super agradecimento a todos os participantes, que fizeram este evento ainda mais especial:

E aos nossos incríveis parceiros, que nos ajudaram nesta caminhada:

Hotmart | Civitats | Guest to Guest | Hostal Persal  | Madrid Destino | Casa Patas | Hammam Al Ándalus | Wifi Away | Madrid City tour | Ale Hop | Aceite Oro de Canava | Chocolatería San Ginés | Mercado de San Ildefonso | FarHomeHostels | 2060 Hostel & Market | Cerveza La Virgen | Fotógrafos – All you need is photo | BLPM visitas Fernando Gimenez – Design

Um comentário sobre “Como foi organizar o EEBB em Madrid

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *