Como manter-se em forma durante suas férias em Madrid

Guest post da Hérika Costa, treinadora pessoal em Madrid

À primeira vista pode até parecer impossível, e acredito que muitos estão pensando que “manter-se em forma” e “estar de férias” são duas expressões que não deveriam estar juntas numa mesma frase. Mas antes de vir a Madrid e depois voltar com a consciência pesada (e outras coisas também), convido você a ler este post.

Nossa ideia é apenas oferecer algumas opções que podem ajudá-lo a não voltar pra casa com excesso de “bagagem”.

Caminhar para manter-se em forma durante as férias

Partimos do princípio de que, quando viajamos, nossa intenção é conhecer cada milímetro da cidade para onde vamos e Madrid é uma cidade que vale a pena percorrer cada rua. É ai onde está o “pulo do gato”: fazer esses passeios a pé é uma boa maneira de equilibrar a nossa balança energética. Se você conseguir gastar mais calorias do que consumir pode até ser que volte com uns quilinhos a menos.

Por isso esqueça esses ônibus turísticos e recorra ao transporte público só em último caso. E definitivamente aposente o carro, pois o centro de Madrid é uma loucura para estacionar. Isso quando as principais ruas não estão fechadas para circulação de automóveis.

Para conhecer em Madrid de maneira saudável

Aqui no BLPM existem vários posts com dicas de tudo que é indispensável na visita a Madrid. E já que vamos conhecer Madrid a pé, é muito importante usar roupas e calçados confortáveis, para não voltar no fim da noite com os pés em “frangalhos”.

Agora vamos tocar no assunto mais delicado: a hora de comer.

Aqui fico numa saia justa porque adoro a culinária espanhola e sei como é difícil ficar longe das croquetas de jámon, dos vinhos e das tartas de queso, mas você pode tentar variar suas refeições. Madrid tem ótimas opções de restaurantes saudáveis, alguns com comidas ecológicas, outras vegetarianas e nos restaurantes típicos a dica é dispensar a sobremesa que vem incluída no menu.  Só ai você já economizará umas boas calorias.

Entre os restaurantes ecológicos o Mama Campo, já comentado no BLPM, é uma boa opção, cozinha baseada em ingredientes provenientes de agricultores e granjeiros locais, situado na praça de Olavide, oferece uma variedade de sabores e cores em seus pratos, e com bom preço.


Outro que adoro é o El Huerto de Lucas, um mercado de comida orgânica com uma cantina incluída. O local possui vários postos com opções de sucos e smoothies, massas, saladas e um deles oferece um bolo de cenoura delicioso.  Está localizado em um dos bairros mais descolados de Madrid, o bairro de Chueca, que com certeza você vai querer conhecer.

Entre os vegetarianos temos o Superchulo, que como o próprio nome diz é chulísimo, desde a decoração do restaurante, passando pelo menu que te deixa sem saber o que pedir,. Eles realmente oferecem uma viagem aos cinco sentidos, dá vontade de provar tudo. Para os que gostam de lanches, ele fazem um hambúrguer de trigo que vale a pena provar. A filosofia do restaurante é alimentar corpo, mente e alma, e com certeza você sairá de lá mais feliz e com todo o gás para continuar seu passeio por Madrid. O Superchulo fica no bairro de Malasaña, outro bairro que não tem como não dar uma passadinha.

Na hora de fazer aquele lanchinho durante os passeios prefira levar na bolsa um mix de frutas e frutos secos, alguma fruta fresca e não esqueça a garrafinha de água, lembre-se, muitas vezes essa sensação de fome pode ser apenas sede.

E no mais disfrute Madrid e se precisar de uma ajudinha mais profissional para manter-se em forma pode contar comigo! Sempre temos opções de treinamento em grupo em diversos parques de Madrid. Veja a agenda no meu Instagram @herikapersonal_trainer

O BLPM, Blogueiros de Língua Portuguesa em Madrid é composto por 8 membros e 10 blogs todos eles escritos em português. Falamos das nossas aventuras na cidade de Madrid e também pelo mundo. Vem viajar connosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *