9 detalhes que confirmam que Madrid é uma cidade amigável

Sabe quando você vai caminhando pelas ruas de uma cidade e vai vendo alguns detalhes que fazem com que ela ganhe pontos no seu conceito? Às vezes são coisas ínfimas, corriqueiras, que muita gente nem dá bola. Mas ter vivido em outros países faz com que você compare e dê os devidos créditos a quem merece.

E Madrid tem muitos créditos comigo. Não é à toa que fui deixando o tempo passar e fui ficando. Afinal, quem é que não gostaria de viver em uma cidade amigável? Daquelas que te fazem sorrir por dentro? Que ajudam outras pessoas a viver bem, seja quais forem as suas necessidades e desejos mais íntimos?

Outro dia eu resolvi fazer, mentalmente, uma lista dessas coisas que me agradam na minha querida Madrid. No final, a lista ficou grande e eu resolvi compartilhar com as meninas do BLPM, que também ajudaram a lembrar de outras situações. E a lista só foi crescendo, crescendo…

Madrid é uma cidade amigável porque….

  • O ônibus abaixa pra gente subir. Explico: ele tem um sistema de amortecimento, acionado pelo motorista na hora de abrir as portas, que faz com que você só levante bem pouco o pé, e voilà. Sem degraus, sem complicações. Pra descer também funciona. Os vovozinhos adoram, e também as mamães e papais com seu carrinho de bebê, as pessoas com dificuldade de locomoção, e por aí vai…

madrid tem ônibus amigáveis

  • Todos os semáforos têm sons para indicar se estão abertos ou fechados ao pedestre, e agora os do centro da cidade também têm bonequinhos que simbolizam todos os tipos de amor que existem no mundo. Os turistas (e também os locais) morrem de amor por Madrid em cada esquina <3
  • Colocam enormes telas pra fazer sombra em ruas movimentadas durante os dias de sol forte de verão. Nos arredores da Puerta del Sol, coração da cidade, você pode andar tranquilamente sem tanto perigo de pegar uma insolação, queimadura ou desidratar. E falando em desidratar…

madrid é uma cidade amigavel por suas sombras no verão

    • Não se nega um copo de água em nenhum bar ou restaurante de Madrid. A água de torneira é tratada e todo mundo bebe dela, então peça o seu almoço e, se quiser, peça também uma jarra de água. Há locais que já têm uma jarra e vários copos na barra, é só levantar e se servir.

madrid é uma cidade amigavel que dá agua gratis nos bares

  • Muitas terraças de bares, mercados, restaurantes ou chocolaterias, e até mesmo algumas estações de metrô, têm vapor de água refrescando os clientes no verão. Assim nem dá vontade de levantar para ir embora, né?
  • Sempre que você pede uma bebida em Madrid, ganha uma “tapa”, que é um aperitivo pra acompanhar a sua bebida. E é grátis. Isso não acontece em todas as cidades grandes – em Barcelona, por exemplo, você precisa pagar pela sua tapa. Adoramos as tapas grátis de Madrid.
  • Há parquinhos para crianças em todas as praças da cidade. Os pais acabam fazendo amizade com outros pais enquanto os filhos brincam. E se os pais forem com amigos, dá até pra se revezar e bebericar alguma coisinha nos bares que há ao redor. Todos voltam contentes pra casa 😉

madrid é uma cidade amigavel com parques infantis

  • Os museus têm horários de visita grátis. Sim, você vai poder entrar no Prado ou no Reina Sofia, por exemplo, sem ter que pagar nada. Pode ser que tenha que ficar um pouco na fila, mas tudo o que você vai ver lá dentro compensa!
  • As ruas estão preparadas para que os cegos possam se mover com total independência, e algumas estações de metrô têm indicações escritas em braile. É bem comum ver cachorros guiando os seus donos nas ruas e no transporte público.

Você que veio a Madrid como turista ou que mora aqui concorda com essas situações? Tem mais alguma para acrescentar? Deixa um comentário aqui abaixo!

Suzana Paquete é jornalista e blogueira de viagens. Ela aprende o que o mundo ensina e conta tudo no blog That Good Trip, incluindo suas experiências no apaixonante Caminho de Santiago, suas aventuras por Madrid e outras viagens incríveis.

4 comentários sobre “9 detalhes que confirmam que Madrid é uma cidade amigável

  1. Olá,

    Não concordo com o “amigável” de Madrid.
    Aqui muitos são preconceituoso, discriminam, quem é de fora.
    Se vc tem sorte de encontrar pessoas ” amigáveis “, não é bem assim.
    Ter parquinho, água, semádoro com som,…. isso não é ” amigável “.
    Leio muito e qualquer coisa que os espanhois pensam que está errado, fazem comentários que são de estrangeiros.
    Como se os espanhois não fizessem nada de errado.
    E mais ainda me admira porque os espanhois não são de raça pura. É só ler a história de invasões.
    Estava lendo sobre Uber, Cabify e taxi.
    E muitos criticaram os condutores de Cabify de serem de ” fora”.
    Absurdo, porque muitos taxistas são de “fora “.
    Ou seja, qualquer motivo para expressar seu preconceito.
    E sou casada com espanhol.

    1. Oi Angela, obrigada pelas suas opiniões! Mas não sei se você reparou que o post fala apenas da cidade, do que a cidade oferece tanto aos locais como aos visitantes. Não quisemos falar de pessoas, porque cada um tem a sua opinião e a sua vivência, que nunca pode ser padronizada e nunca será a mesma para todo mundo. Um abraço!

  2. Bom dia. Eu sou fã incondicional de Madrid. Estudei e morei por três anos nesta cidade. Eram tempos duros, vivia-se a morte de Franco e o começo da redemocratização da Espanha. Mesmo assim era um lugar adorável. Até as pessoas nos tratavam melhor. Lembro que nunca foi posto em evidência minha condição de estrangeira. Talvez porque não vivíamos a era da globalização, não havia essa enorme corrente migratória do presente… Já voltei inúmeras vezes e também me trataram bem, talvez porque sempre vou como turista. Gostei muito do post.

    1. Obrigada, Marilita! Percebo a nostalgia das pessoas que viveram aqui há muitos anos, antes do Euro, e que, apesar dos pesares, vivia-se melhor. Se eu já gosto do que temos agora, imagino como era antes. Como em todas as cidades, tivemos que nos acostumar a outros costumes e outro modo de vida, que acabamos incorporando ao nosso dia a dia. Acho que são essas “sutilezas” que nos fazem virar fãs de um lugar, a ponto de defendê-lo, mesmo com outros pequenos defeitos. Mas como o objetivo do post era falar das qualidades, te digo, como moradora, que me tratam muito bem também. Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *