Madrid Explorer Pass

A maioria das grandes cidades oferece aos visitantes cartões turísticos com o objetivo de economizar em ingressos ou passeios. Muitos também oferecem descontos em lojas e restaurantes, mas, ao ver os preços, é inevitável pensar se vale a pena. Na capital espanhola, contamos com o Madrid Explorer Pass e neste post explico quanto custa, como funciona e se você realmente economizará com ele.

Continuar lendo

Museus e centros culturais em Madrid

Se você curte turismo de arte, Madrid é um destino impecável. Dá para emendar um espaço cultural no outro durante uma semana e ainda faltar um monte de lugar bacana para visitar. A capital reúne algumas das coleções mais importantes do mundo. A maioria está concentrada ao longo do Paseo del Arte (por ali você encontra Las meninas, de Velázquez, e Guernica, de Picasso), mas há ótimos museus espalhados em outros cantos da cidade.

Madrid também tem centros culturais bem interessantes, como o Matadero e a Casa Encendida – fiquem ligados na programação de verão, sempre imperdível, dos dois locais. Para quem gosta de arte urbana, a boa é explorar a Tabacalera, em Lavapiés, bairro mais multicultural de Madrid. E o melhor: muitos destes centros têm entrada gratuita ou preços bem acessíveis.
Continuar lendo

Museu Cerralbo

Era uma vez um senhor bem-nascido, que herdou uma fortuna, foi bem-sucedido nos negócios e ficou mais rico ainda.

De família nobre, estudou nos melhores colégios do seu tempo, cursou Direito, mas também Filosofia. Desenhava, pintava e fazia poemas. Nas horas vagas, ainda militava pela causa de Dom Carlos, o pretendente carlista ao trono espanhol.

Chegado o momento, resolveu casar-se com a mãe de um colega da faculdade! Isso mesmo: ele tinha 26 e a noiva tinha 55 anos! Inclusive, trazia dois filhos do primeiro casamento.

Continuar lendo

9 detalhes que confirmam que Madrid é uma cidade amigável

calle preciados madrid

Sabe quando você vai caminhando pelas ruas de uma cidade e vai vendo alguns detalhes que fazem com que ela ganhe pontos no seu conceito? Às vezes são coisas ínfimas, corriqueiras, que muita gente nem dá bola. Mas ter vivido em outros países faz com que você compare e dê os devidos créditos a quem merece.

E Madrid tem muitos créditos comigo. Não é à toa que fui deixando o tempo passar e fui ficando. Afinal, quem é que não gostaria de viver em uma cidade amigável? Daquelas que te fazem sorrir por dentro? Que ajudam outras pessoas a viver bem, seja quais forem as suas necessidades e desejos mais íntimos?

Outro dia eu resolvi fazer, mentalmente, uma lista dessas coisas que me agradam na minha querida Madrid. No final, a lista ficou grande e eu resolvi compartilhar com as meninas do BLPM, que também ajudaram a lembrar de outras situações. E a lista só foi crescendo, crescendo…

Continuar lendo

Museu de História de Madrid

No meu último post contei minha história com a Plaza Mayor de Madrid. Contei um pouco como nós, que moramos aqui, usamos e abusamos do coração da cidade no nosso dia-a-dia. Para mim, se você ficou com vontade de saber mais sobre a história da querida praça, o melhor lugar para desvendá-la é o Museu de História de Madrid.

Continuar lendo

Museu de Antropologia: somos iguais e tão diferentes

Ao lado da estação de trem de Atocha e somente a cinco minutos caminhado do Museu Reina Sofia está um pequeno e interessante museu especializado em povos do mundo que já tem mais de 140 anos de existência: o Museu Nacional de Antropologia.

O lema do Museu Nacional de Antropologia (MNA) é “el museo de la gente como nos+otros”. O museu da gente como a gente, talvez seria a tradução mais próximas ao português. O legal do lema é o jogo com o pronome pessoal nós, que é nosotros em espanhol, que foi transformado em “nos+otros”, nós+outros. Visualmente é a síntese da Antropologia, ciência interessada nas relações humanas.

Continuar lendo