Museu Reina Sofía

O Museu Centro de Arte Reina Sofía foi o museu mais visitado da Espanha no ano de 2015, superando três milhões de pessoas. Muita gente ainda faz cara feia para a arte moderna e contemporânea, mas a coleção do Reina Sofia é tão interessante que pode fazer o visitante mudar de opinião.

reina sofia

O museu está localizado no antigo Hospital Geral de Madrid, também conhecido por edifício Sabatini, em homenagem ao arquiteto que o projetou durante o reinado de Carlos III. Uma construção em estilo neoclássico que abriga arte moderna e contemporânea e, talvez, o contraste entre o edifício do século 18 e as obras mais representativas da modernidade seja um atrativo a mais na hora de visitar o museu.

Continuar lendo

juliana bezerra

Juliana Bezerra é historiadora com pós-graduação em Relações Internacionais e História Contemporânea. No blog Rumo a Madrid, ela mostra Madrid através da arte e dos artistas.

Museu Sorolla: uma casa-museu encantadora

Segundo o Tripadvisor, o Museu Sorolla está em 3º lugar dos pontos turísticos imprescindíveis de Madrid e foi um dos vencedores do 2015 Traveller´s choice. A palavra mais usada pelos usuários do Tripadvisor para descrevê-lo é “surpresa”, agradável e bela surpresa”. E claro que eles têm toda razão!

foto 01 Sorolla entrada

Talvez por ser uma casa, talvez por seu jardim, talvez pela leveza e luz das pinturas do Sorolla e, com certeza, pelo belo conjunto desses elementos, o pequeno museu só pode ser qualificado assim. Cada vez que vou, meu encanto só aumenta e saio de lá iluminada.

Continuar lendo

Sandra Brocksom é do interior de São Paulo e veio morar em Madrid por amor a um espanhol. Ela acabou se apaixonando também pela cultura, gastronomia e história madrilenha e espanhola. Ela conta suas experiências no blog Sandra B Em Madrid.

Museu Arqueólogico Nacional em Madrid: desde a Pré-historia até o século XIX

Madrid é uma cidade privilegiada em museus, tanto pela oferta como pela proximidade entre eles. Perto do Paseo de Recoletos, na continuação do Paseo del Prado e  dividindo o edifício com a Biblioteca Nacional, está o Museo Arqueológico Nacional”. 

museu arqueologico

Um museu para toda a família; é interativo na medida certa para crianças e absoltamente interessante para todo tipo de público. Didático sem ser chato. Oferece conexão wifi e um app totalmente gratuito.

Continuar lendo

Sandra Brocksom é do interior de São Paulo e veio morar em Madrid por amor a um espanhol. Ela acabou se apaixonando também pela cultura, gastronomia e história madrilenha e espanhola. Ela conta suas experiências no blog Sandra B Em Madrid.

Museu Thyssen-Bornemisza

O museu Thyssen-Bornemisza é o terceiro vértice do triângulo das artes madrilenhas junto ao Museu do Prado e o Reina Sofía. O acervo tem sua origem em 1928, quando o barão Thyssen-Bornemisza, de origem alemã, resolveu investir sua fortuna em obras de arte. Aliás, dinheiro não era exatamente um problema, pois a família foi fundadora da empresa ThyssenKrupp, dentre outras.

thyssen
Foto: divulgação

As gerações seguintes continuaram a aumentar a coleção que passou pelas dificuldades das duas guerras mundiais. Restaurada a paz, instituições e governos começaram a propor a compra, mas o barão estipulava tantas condições para a venda de seus quadros que várias ofertas foram rechaçadas.

Continuar lendo

juliana bezerra

Juliana Bezerra é historiadora com pós-graduação em Relações Internacionais e História Contemporânea. No blog Rumo a Madrid, ela mostra Madrid através da arte e dos artistas.

Museu Nacional do Romantismo

No bairro de “Justicia” está localizado o Museu Nacional do Romantismo dedicado ao séc. 19. Pequeno e aconchegante, é o lugar perfeito para ver belas obras de arte sem aquela angústia que existe nas grandes galerias. Aberto em 1924, o museu fica num edifício de estilo neoclássico construído em 1776 e foi lar de vários nobres até chegar à sua atual denominação em 1924.

museo nacional do romantismo

Continuar lendo

juliana bezerra

Juliana Bezerra é historiadora com pós-graduação em Relações Internacionais e História Contemporânea. No blog Rumo a Madrid, ela mostra Madrid através da arte e dos artistas.

Palácio de Linares – Casa de América

Madrid tem museus maravilhosos como o Prado, o Thyssen e o Reina Sofía, mas também guarda três antigos palacetes transformados em museus que merecem ser visitados. São eles o Palácio de Linares, o Museu Cerralbo e a Fundação Lázaro Galdiano, que serviram como residência e foram deixados ao Estado com suas fabulosas coleções de arte. Acho emocionante estar num lugar que já foi “vivo”, com pessoas de verdade comendo, se divertindo ou reclamando da vida.

Foto: Pandora Magazine
Foto: Pandora Magazine

Começarei pelo o Palácio de Linares. Este lugar também é sede do centro cultural Casa de América e lá se exibem filmes, se realizam palestras, concertos, mostras e exposições sempre com a temática ou autoria latino-americana. A visita ao palácio só pode ser feita com guias que falam espanhol, mas a Casa de América e suas exposições estão abertas ao público gratuitamente.

Continuar lendo

juliana bezerra

Juliana Bezerra é historiadora com pós-graduação em Relações Internacionais e História Contemporânea. No blog Rumo a Madrid, ela mostra Madrid através da arte e dos artistas.